10 fatos interessantes sobre madeira

Por Mill – 14/02/2018

A madeira faz parte do cotidiano das pessoas desde o início dos tempos, mas, muitas vezes, nem notamos como esse material tão valioso impacta em nossa trajetória. Aplicada de várias maneiras para auxiliar e manter a qualidade de vida do ser humano, cumpre um papel fundamental de equilíbrio ambiental, quando em seu estado natural.

Neste artigo vamos citar 10 fatos curiosos sobre a madeira e que talvez você desconheça.

1º- A madeira como superstição

Você já deve ter ouvido e visto a expressão: ‘bata 3 vezes na madeira’, para afastar algo negativo ou ruim, certo?

Pois bem, esse hábito surgiu nos primórdios da civilização, pois os povos antigos acreditavam que as árvores, ao ser atingidas por raios, recebiam seus deuses que passavam a residir ali e assim poderiam dar proteção às pessoas.

E, por isso, ocorria que se a pessoa batesse por 3 vezes na árvore, era como se estivesse pedindo auxílio e proteção dos deuses presentes naquele local.

Esta crença se manteve por séculos, sendo utilizada ainda hoje por diversas pessoas. Trata-se de uma forma de crença em não ser atingida por alguma coisa que não se queira.

2º- A expressão ‘madeira de lei’

Esta expressão surgiu durante a colonização do país, quando a coroa portuguesa estabeleceu uma Lei que determinava que as madeiras maciças brasileiras e de excelente qualidade fossem utilizadas somente por pessoas autorizadas por Sua Majestade e empregues em produtos para atender a Monarquia.

Algumas espécies foram inclusive extintas pois a corte portuguesa era bastante interessada em transformar a madeira de qualidade em utensílios próprios.

3º- A cor da madeira e sua influência

Cada tipo de madeira possui uma aplicação específica para ser utilizada, pois tem composições diferenciadas. Porém, a cor da madeira tem grande influência nesse aspecto.

Madeiras mais escuras possuem maior durabilidade e não necessitam de tratamentos intensos para garantir as propriedades que se esperam delas, enquanto as madeiras mais claras têm tendência a ser maleáveis e precisam de tratamentos mais intensos para se manter com vida útil mais longa, assim como para evitarem serem atingidas por fungos e cupins.

4º- A madeira como proteção a temperaturas

A madeira é um excelente isolante natural, isso pode ser constatado em construções realizadas em áreas de temperaturas extremas, ou seja, com excesso de frio ou calor.

Como a madeira é um péssimo condutor térmico, funciona de forma adequada para isolar as variações de temperaturas externas e provoca a proteção e equilíbrio da temperatura para quem faz uso desse material em construções.

Protege ainda de sons externos e, por isso, é considerada como um excelente isolamento térmico e acústico natural.

5º- A umidade e a madeira

A umidade provoca um fenômeno de alterar a característica original da madeira, pois, em grandes quantidades, a água é responsável por expandir e, posteriormente, contrair a madeira.

Este processo afeta a estrutura e provoca rachaduras ou empenamentos na madeira.

Dessa maneira, os cuidados com a madeira para aplicação posterior devem prever: a proteção à exposição demasiada à umidade, visando manter de forma mais adequada possível as características originais da madeira e não comprometer o seu uso.

6º- O fogo e a madeira

Em incêndios, a ação do fogo é intensa sobre todos os produtos e matérias naturais, no entanto a resistência de madeiras com grandes espessuras é muito maior ao fogo, até do que a resistência de estruturas metálicas.

Isso ocorre porque a espessura da madeira acaba formando uma proteção natural em sua superfície, que fica destruída pelo fogo, mas que cria uma defesa natural, evitando a propagação imediata do fogo para consumir toda a estrutura de imediato.

7º- A transformação da madeira

Madeiras são duráveis e aplicadas em várias atividades; porém, existe uma que chama a atenção, por envolver a criatividade humana, que é aquela aplicada em trabalhos artesanais.

Utilizar a madeira em criação de utensílios e de transformação em figuras de artesanato é uma arte e que muitas vezes encantam e intrigam os visitantes.

Isso só demonstra como a madeira tem características de uso para atividades mais pesadas e que apresentem uma leveza e graciosidade ímpar.

8º- Principais características estruturais da madeira

A madeira é formada por duas principais características que permitem seu uso que são: Alburno e o Cerne.

O Alburno é a parte externa e mais clara da madeira, tendo células menos resistentes e desta forma mais adequadas para se trabalhar.

O Cerne é a parte interna da madeira, mais escura e mais resistente e durável.

9º- A madeira como forma de habitação

A madeira é o material mais utilizado em construções, existindo inclusive residências feitas somente com este material e que agradam muito as pessoas tanto visualmente como em termos de conforto acústico e climático.

Com características bastante interessantes quanto à substituição de peças desgastadas ou que precisem de reparos, é um tipo de material utilizado em larga escala como matéria-prima de construções também em alvenaria.

10º- Países que mais utilizam a madeira

Existem 3 tipos de madeira comercializada no mundo e países que são grandes consumidores mundiais, a saber:

Madeira Serrada – China, os EUA e o Japão;

Painéis de Madeira – EUA, a Alemanha e o Japão;

Pallets de Madeira – Reino Unido, Dinamarca e Itália.

Uma grande preocupação é que toda a madeira extraída e comercializada deve ser suportada por processos legais e adequados de manuseio e transporte, assim como exploração de reservas próprias, sem prejuízos ao meio ambiente.

Considerações finais sobre 10 fatos interessantes sobre madeira

Como vimos, a madeira é fundamental para dar qualidade de vida ao homem. Porém, seu uso deve ser consciente e o consumidor deve estar atento a somente adquirir produtos que tenham origem em madeira certificada – que indica que a procedência é ecologicamente correta. Afinal, os desmatamentos ilegais vêm provocando danos irreversíveis à natureza e consequências imprevisíveis para a vida em nosso Planeta.