AGTECH ITALIANA PROMOVE PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NO BRASIL

AFEVOLUTION – 17/12/2019

Uma parceria entre a startup italiana Agronica e a consultoria brasileira Gregori vai implementar no Brasil uma plataforma com base em big data para fomentar práticas mais sustentáveis e eficientes no campo.

A ferramenta de agricultura de precisão permite, entre outras, a redução no uso de água e fertilizantes em 20% e defensivos em até 15%. Com isso, será possível produzir diversas culturas, como arroz rotacionado com milho e trigo, frutas e legumes, de forma mais eficaz.

O mercado para este tipo de solução no país é enorme. Segundo estimativas, menos de 20% dos produtores brasileiros empregam agricultura de precisão de maneira consolidada.

A tecnologia prevê o fornecimento de “soluções integradas” por meio de plataformas para a gestão de diferentes culturas, a partir da coleta e gestão de dados meteorológicos e de previsão, mapas de campo e sensores de solo, de acordo com as necessidades dos agricultores.

A internacionalização da solução tem o apoio da Cluster AgriFood, iniciativa europeia que reúne empresas e institutos de pesquisa da Emilia-Romagna com o objetivo de multiplicar a inovação por com uma abordagem colaborativa.

A parceria também tem apoio do programa Low Carbon Business Action in Brazil, financiado pela União Europeia. A iniciativa aproxima pequenas e médias empresas do Brasil e da Europa para criação de soluções em economia de baixo carbono.

“Temos fomentado o intercâmbio entre empresas europeias e brasileiras para adaptar soluções inovadoras e de sucesso ao mercado brasileiro. O Brasil tem potencial enorme para se beneficiar de tecnologias que agreguem mais inteligência e eficiência ao trabalho dos produtores, sejam eles pequenos ou grandes”, explica Mercedes Blázquez, líder do Low Carbon Brazil.