Observatório do Desenvolvimento

Notícias

Boletim econômico: Rio Branco apresentou o menor índice de inflação entre as capitais do país em fevereiro

Rio Branco registrou uma taxa de inflação de 0,26% em fevereiro, uma das menores do país

Rio Branco apresentou o menor índice de inflação entre as capitais do país em fevereiro: 0,26%. A redução apresentada foi de -0,37 ponto percentual em relação a janeiro, sendo Rio Branco e Goiânia as únicas capitais pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que apresentaram variações negativas no IPCA nos primeiros meses do ano. As informações constam no Boletim de Conjuntura Econômica publicado pelo Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre nesta quarta-feira, 20.

O estudo é elaborado em parceria com a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (Fundape) e pode ser conferido aqui.

A pesquisa aponta uma deflação de -1,05% no grupo de transporte em Rio Branco, enquanto no Brasil, houve um aumento de 0,07%, como os principais responsáveis pela inflação acumulada este ano. As passagens aéreas são as grandes responsáveis por esta redução substancial do grupo de transporte em Rio Branco, pois no acumulado de fevereiro e janeiro houve uma redução de 32,80% nos preços, enquanto no Brasil essa redução foi de 24,29%.

Outra informação destaca no estudo é a diferença de 1,20 ponto percentual entre a inflação no grupo de educação entre Rio Branco e Brasil. Grande parte dessa diferença é explicada em função dos aumentos nos subitens: ensino fundamental, ensino médio, ensino superior no Brasil. Nesses quesitos, os percentuais são superiores aos de Rio Branco.

Veja o resultado dos grupos do IPCA:

  • Educação: 4,96%
  • Comunicação: 1,23%
  • Habitação: 1,18%
  • Alimentação e bebidas: 0,85%
  • Saúde e cuidados pessoais: 0,69%
  • Artigos de residência: 0,28%
  • Despesas pessoais: 0,23%
  • Transportes: – 0,22%;
  • Vestuário: – 0,53%

Sobre a decomposição da variação de preços dos subgrupos do IPCA – Rio Branco, o destaque vai para o subgrupo de cursos, leitura e papelaria que apresentou aumento de preço de 4,06%. Além disso, o subgrupo de comunicação apresentou aumento de preços substanciais nos serviços de TV por assinatura (4,02%); plano de telefonia móvel (1,23%) e no combo de telefonia, internet e TV por assinatura (3,29%).

Já o subgrupo combustíveis e energia apresentou redução de preço substancial na energia elétrica residencial de 2,71%. A pesquisa ressalta que que o serviço possui peso de 6,32% no IPCA – Rio Branco, ou seja, em fevereiro essa redução de preço é a causa do baixo IPCA em Rio Branco.

Ainda referente aos subgrupos, a informação que chama atenção no estudo é a redução de 19,37% do preço das passagens aéreas. Entre janeiro e fevereiro, as passagens aéreas no Acre apresentaram redução acumulada de 32,80%.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
plugins premium WordPress