Cinco motivos para fazer um curso técnico em Indústria 4.0

Por G1 – 12/11/2018

Até 2020, o país deve qualificar mais de 13 milhões de pessoas para trabalhar em ocupações industriais. Somente em áreas técnicas, a demanda acumulada das indústrias será de 1.836.548 profissionais. Os dados são do Mapa do Trabalho Industrial 2017-2020, elaborado pelo Senai no Brasil.

A área de TI (Tecnologia da Informação) é uma das mais promissoras para quem quer ingressar no mercado de trabalho ou está em busca de novas oportunidades. Hoje, a demanda por técnicos e tecnólogos já é maior do que as instituições de ensino têm conseguido formar, segundo o Guia de Profissões do Senai. Isso significa que as vagas estão só esperando por você! Pensando nisso, o Sistema Fiep, por meio do Senai no Paraná, criou o curso técnico Tech IT. O objetivo é capacitar profissionais para trabalhar nas mais diversas áreas da Indústria 4.0.

Confira agora cinco motivos para fazer o curso técnico Tech IT.

  1. O mercado de trabalho está em expansão: Com a indústria 4.0, o Técnico de Desenvolvimento de Sistemas ganhou ainda mais possibilidades para se desenvolver. Este perfil profissional é cada vez mais necessário em indústrias e empresas dos mais diversos setores.
  2. A formação é bilíngue: Além capacitar os alunos a criar soluções tecnológicas, sejam ligadas à inteligência artificial, internet das coisas, realidade virtual, cidades inteligentes, entre outros, o curso Tech IT tem formação bilíngue. A fluência na segunda língua aproxima os profissionais de oportunidades em startups e multinacionais. Para começar é preciso estar cursando ou ter concluído o ensino médio e ter inglês intermediário.
  3. O curso acompanha as tendências mundiais em TI: No curso técnico Tech IT, o aluno tem disciplinas variadas que atendem às necessidades do mercado de trabalho do presente e do futuro. Além disso, há disciplinas ministradas 100% em inglês, como Informática Aplicada, Comunicação Oral e Escrita, Internet das Coisas, Teste de Sistemas, Implantação e Manutenção de Sistemas.
  4. A infraestrutura do Senai no Paraná: Laboratórios equipados, com materiais para aprendizado inclusos, aulas teóricas e práticas, visitas técnicas a grandes empresas e professores com ampla experiência no mercado. No Senai no Paraná, o investimento em infraestrutura para ensino de qualidade é constante – prova disso é a confiança das indústrias na formação da instituição. Sete em cada dez alunos formados pelo Senai estão no mercado de trabalho.
  5. Qualificação acessível a todos: Um diploma de qualidade já não é sonho distante. Quem deseja fazer um dos cursos técnicos do Senai no Paraná conta com o suporte de uma instituição voltada ao desenvolvimento de profissionais. Por isso, há descontos para quem trabalha na indústria e as mensalidades são acessíveis.