CRESCE O ABATE DE BOVINOS E SUÍNOS NO ACRE

 

O abate de bovinos cresceu no 3º trimestre de 2020. Foram 94,518 mil cabeças, quantidade 4,0% superior à obtida no 2° trimestre de 2020, mas 11,9% abaixo da registrada no 3º trimestre de 2019. Foi o menor resultado para um 3º trimestre dos últimos 4 anos. A queda no abate de bovinos vem desde o segundo trimestre, conforme o IBGE, a causa principal é a restrição da oferta de fêmeas pelos pecuaristas. Já o abate de suínos alcançou 13,168 mil cabeças no 3º trimestre de 2020, o que representa aumentos de 11,8% em relação ao mesmo período de 2019 e de 13,1% na comparação com o 2° trimestre de 2020. Conforme o IBGE, esse é maior resultado da série histórica. O desempenho recorde das exportações de carne suína no período também contribuiu com o resultado do setor. Os dados foram publicados pelo IBGE no dia 10/12. Para mais informações sobre a economia acreana, consulte o site do Observatório do Fórum Empresarial do Acre.