EM JULHO, VOLUME DE SERVIÇOS CAI 2,2% NO ACRE

 

 

EM JULHO, VOLUME DE SERVIÇOS CAI 2,2% NO ACRE

Em julho de 2021, o volume de serviços no Acre caiu 2,2% ante a junho, na série com ajuste sazonal, depois de crescer quatro meses seguidos (março a junho). No Brasil, o setor avançou 1,1% e acumula ganho de 5,8% nos últimos quatro meses. Mesmo com a queda no estado, o setor de serviços no Acre, na série sem ajuste sazonal, frente a julho de 2020, avançou 35,3%, a quinta taxa positiva seguida. O acumulado no ano foi a 19,4% e o acumulado em 12 meses (9,2%) manteve a trajetória ascendente iniciada em maio de 2021.
O volume de serviços cresceu em 15 das 27 Unidades da Federação em julho de 2021, ante o mês imediatamente anterior. As altas mais relevantes vieram de São Paulo (1,4%), seguido por Rio Grande do Sul (3,4%), Minas Gerais (1,2%), Pernambuco (4,1%) e Paraná (1,5%). Em contrapartida, Rio de janeiro (-4,4%) registrou a principal retração. Frente a julho de 2020, no qual o Acre cresceu 35,3%, o crescimento dos serviços no Brasil (17,8%) foi acompanhado por 26 das 27 UFs. A única retração veio de Rondônia (-0,9%). No acumulado do ano, frente a igual período de 2020, houve avanços em todas as 27 UFs.
A equipe técnica do Observatório do Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre está elaborando o Boletim Completo do Serviços de agosto e irá publicá-lo em breve no site forumdoacre.org.br/observatorio.