Empreendimentos sustentáveis geram impacto positivo na sociedade

EXAME – 15/07/2019

Parafraseando o poeta inglês John Donne, podemos dizer que, assim como nenhum homem é uma ilha, nenhum empreendimento imobiliário existe independentemente da comunidade em que se insere. É por essa razão que cresce a preocupação das empresas desse setor em, além de garantir a qualidade técnica dos imóveis, atuar também para reduzir o impacto ambiental e melhorar as comunidades de seu entorno.

A Bresco, por exemplo, referência em terceirização imobiliária, reforça que todo projeto da empresa já nasce com uma preocupação ambiental. “Somos um dos membros fundadores do Green Building Council Brasil e temos no nosso DNA a prioridade de viabilizar soluções imobiliárias que gerem ambientes sustentáveis e, consequentemente, mais prosperidade e sólidos relacionamentos”, afirma Camilla Osborn, diretora jurídico, compliance e RH da Bresco.

A preocupação com o meio ambiente é destacada pelo pioneirismo no desenvolvimento de empreendimentos “verdes” com certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design, ou Liderança em Energia e Design Ambiental, em tradução livre). Do ponto de vista de impacto social, uma das principais iniciativas é a parceria mantida pela Bresco com a ONG Parceiros da Educação, que visa melhorar a qualidade de ensino em escolas públicas do entorno de seus empreendimentos.

Toda essa preocupação com questões socioambientais levou a Bresco a conquistar a certificação de Empresa B (B Corporation), passando a fazer parte de uma rede global de organizações comprometidas em alinhar crescimento econômico e geração de lucro com a construção de um mundo melhor. Mais do que um selo, ser Empresa B significa adotar as melhores práticas corporativas e buscar continuamente a geração de impactos positivos no meio ambiente e nas comunidades em que atua. É de se destacar que a Bresco é a primeira empresa nacional de investimentos imobiliários a obter esse reconhecimento.