IBGE DETECTA UM AUMENTO NA SUBUTILIZAÇÃO DA FORÇA DE TRABALHO NO ACRE

No Acre, no primeiro trimestre de 2020, a taxa combinada da desocupação e da força de trabalho potencial, que abrange desocupados e pessoas que gostariam de trabalhar, foi de 28,5% no primeiro trimestre de 2020, o que representa 117 mil pessoas. Foram 9 mil pessoas que entraram nessa condição, em relação ao trimestre anterior. Já a taxa composta de subutilização da força de trabalho (percentual de pessoas desocupadas, subocupadas por insuficiência de horas trabalhadas e na força de trabalho potencial) foi de 32,1%, no total de 132 mil pessoas estavam nessa situação, um aumento de mais de 3 mil pessoas, em relação ao quarto trimestre de 2019. Os dados foram publicados pelo IBGE e trabalhados pela equipe técnica do Observatório do Fórum Permanente de Desenvolvimento do Acre. Para maiores informações sobre a Força de Trabalho do Acre, favor consultar o último boletim elaborado e publicado pelo Observatório, clicando no link do perfil.