MASSA SALARIAL CONTINUA EM QUEDA NO ACRE

 

Conforme o IBGE, no 3º trimestre de 2020, a diferença média entre a massa de rendimento médio real de todos os trabalhos efetivamente recebidos com os habitualmente recebidos por mês, pelas pessoas ocupadas, foi de R$ 17 milhões/mês. No trimestre anterior, essa diferença média foi de R$ 49 milhões/mês. As diferenças são quantidades de moeda que deixaram de circular no mercado acreano somente pela queda nos rendimentos do trabalho. Os dados foram trabalhados pela equipe técnica do Observatório do Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre, que elaborou o Boletim do terceiro Trimestre do Mercado de Trabalho. Para mais informações, acesse o site do Observatório.