No Acre, no segundo trimestre de 2019, 32,7% dos empregados no setor privado não tinham carteira assinada

  • Home
  • Fique por dentro
  • No Acre, no segundo trimestre de 2019, 32,7% dos empregados no setor privado não tinham carteira assinada

OBSERVATÓRIO – 21/08/2019

Conforme o IBGE, enquanto o percentual de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado do país era de 74,3%, no Acre era de 67,3%. Os maiores percentuais estavam em Santa Catarina (87,6%), Rio Grande do Sul (83,3%) e Paraná (81,4%) e os menores, no Maranhão (50,3%), Piauí (52,0%) e Pará (52,7%).
Já a proporção de empregados sem carteira de trabalho assinada no setor privado foi de 25,7% no país, no Acre foi de 32,7%. As UFs com os maiores percentuais foram no Maranhão (49,7%), Piauí (48,0%) e Pará (47,3%), e as menores taxas estavam em Santa Catarina (12,4%), Rio Grande do Sul (16,7%) e Paraná (18,6%). Maiores detalhes sobre os dados publicados, consultar o IBGE (PNAD Continua Trimestral).