Proposta de emenda para Embrapa em SE é escolhida em votação popular

EMBRAPA – 166/10/2019

Um projeto da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE) para desenvolvimento de equipamento de agricultura de precisão de baixo custo está entre os escolhidos em votação popular para a seleção de propostas de emendas parlamentares ao orçamento federal de 2020 do mandato do senador por Sergipe Alessandro Vieira.

O equipamento é o dosador autônomo de baixo custo para distribuição de fertilizantes. O instrumento, que integra componentes mecânicos e eletrônicos para aplicação de adubação em doses e locais precisos, é disponível no mercado em modelos de custo elevado, o que impossibilita seu uso por pequenos agricultores de base familiar.

Pesquisadores e analistas da Unidade da Embrapa que atuam junto ao recém-criado Laboratório de Automação Agropecuária pretendem desenvolver, com uso de materiais mais baratos e componentes feitos em impressoras 3D, um dispositivo equivalente que chegue ao agricultor custando cerca de um terço dos disponíveis comercialmente, segundo estimativas do pesquisador Edson Patto, um dos responsáveis pelo desenvolvimento.

O analista de Tecnologias da Informação Aurélio Barreto, que atua no laboratório, destaca que, além do uso de componentes de código aberto, que são mais baratos, um grande fator de economia será o fato da inteligência artificial aplicada no dispositivo ser desenvolvida pela Embrapa. “Os programas desenvolvidos para esse fim normalmente custam muito caro”, ressalta.

No processo de emendas participativas do mandato de Alessandro Vieira, cujo resultado foi anunciado publicamente no domingo (13), a proposta apresentada pela Embrapa concorreu outras 465 submissões, obteve 867 votos e foi uma das três escolhidas na categoria ‘Projetos Estaduais’. O projeto pleiteia a liberação por emenda de R$ 220 mil.

A primeira etapa do processo foi conduzida por uma comissão técnica (que visitou a Unidade em junho para conhecer mais profundamente a proposta) , que selecionou para a votação popular pela Internet 139 concorrentes com maior mérito técnico, dos quais 43 foram mais votados em categorias de acordo com o número de habitantes dos municípios. Esses serão encaminhados para indicação oficial para votação no Congresso.

Para o chefe-geral da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Marcelo Fernandes, a escolha por meio de participação popular de um projeto voltado à agricultura demonstra que a sociedade tem consciência da importância da pesquisa agropecuária no desenvolvimento econômico e social de Sergipe e do Brasil. “Esse reconhecimento é muito relevante, e reforça a importância de atuarmos em parceria não só com outros órgãos públicos, mas também com os parlamentares de todas as esferas em prol do desenvolvimento”, declarou.